Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

Homem admite que matou esposa em hospital por não ter dinheiro para pagar conta

Publicado em

Ronnie Wiggs, de 75 anos, foi acusado por homicídio após estrangular e matar a esposa no hospital, alegando não ter dinheiro para pagar a conta médica. Segundo informações as quais o The New York Times teve acesso, Wiggs contou à polícia que matou Ellen Wiggs segurando o nariz dela e tampando sua boca.

O caso ocorreu na última sexta-feira, 3, no Missouri, Estados Unidos. Segundo a equipe médica responsável por acompanhar o quadro de  Ellen, seu marido fugiu do local após cometer o crime. Apesar dos esforços médicos para reanimá-la, a mulher não resistiu.

Em seu depoimento à polícia, Wiggs admitiu ter matado sua esposa devido à depressão e à incapacidade de cuidar dela ou pagar suas despesas médicas. Ele também confessou ter tentado matá-la anteriormente em um centro de reabilitação, mas ela acordou e o impediu.

Continua depois da publicidade

O suspeito afirmou ainda ter considerado outra tentativa de homicídio quando ela estava hospitalizada, mas não conseguiu devido às máquinas que a mantinham viva.

Ronnie foi preso com fiança estabelecida em US$ 250 mil (cerca de R$ 1,2 mi) e enfrentando acusações de assassinato em segundo grau.

 

Propaganda
Advertisement