Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

Homem tenta assaltar idoso e leva várias facadas no peito em Rio Branco; criminoso está em estado grave

Publicado em

Taylon Mendes Souza, 26 anos, foi ferido com várias facadas no peito após um idoso reagir a um assalto na manhã desta terça-feira (7), na rua Euclides da Cunha, no bairro Novo Esperança, em Rio Branco.

Segundo informações da polícia, Taylon seria assaltante e tentou roubar um idoso que havia acabado de receber a aposentadoria. O idoso estava passando pela rua Euclides da Cunha, quando foi abordado pelo criminoso que estava com uma faca.

Ao tentar roubar a vítima, o assaltante acabou entrando em luta corporal com o idoso. Na confusão, a faca de Taylon caiu no chão e a vítima conseguiu pegar o objeto para agir em legítima defesa, desferindo vários golpes em cima do peito de Taylon. Após a ação, o idoso fugiu do local.

Continua depois da publicidade

Ainda segundo a polícia, Taylon estava visivelmente transtornado em via pública, possivelmente pelo uso de entorpecentes, e após ser esfaqueado começou a pegar tijolos que estavam na frente de uma residência e começou a jogar em várias casas. A Polícia Militar foi acionada e chegou rápido ao local, e pediu apoio ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O Samu enviou uma ambulância de suporte avançado para dar os primeiros atendimentos a Taylon, que ao chegar no local, verificou que o assaltante teve um golpe de faca no peito e conseguiram estabilizar o quadro clínico do homem, e em seguida ele foi encaminhado para o pronto-socorro de Rio Branco, em estado de saúde grave.

De acordo com os socorristas, Taylon já entrou extremamente agressivo e agitado na ambulância, não sendo possível uma avaliação exata do quadro clínico. Ao ser levado pelo Samu para o setor de emergência do PS, o homem não permitiu um atendimento adequado. O médico do Samu, Jhonata Santiago, disse que possivelmente uma das facadas tenha acertado o pulmão do jovem, mas não teve como fazer uma avaliação melhor.

Minutos depois, o idoso de 76 anos foi até o PS para saber o estado de saúde do criminoso. Policiais militares do 1º Batalhão conversaram com o homem e disseram que ele não seria preso, porém, precisava registrar o ocorrido na Delegacia de Flagrantes (Defla), para que Taylon, ao sair do hospital, recebesse voz de prisão pelo crime de roubo. Os militares informaram o idoso que tudo se configura com legítima defesa e uma lesão corporal.

O idoso foi levado pelos policiais até a Defla para prestar depoimento. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Veja o vídeo:

Propaganda
Advertisement