Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

Imagens fortes: vídeo mostra assassinato de Miss Equador

Publicado em

Uma jovem modelo de 23 anos, ex-candidata ao Miss Equador, foi assassinada a tiros, no último domingo (28/4), dentro de um restaurante em Quito. Imagens que circulam na internet mostram Landy Párraga conversando com um homem, que seria seu namorado, quando criminosos armados invadem o local e disparam contra ela.

No momento do ataque, os dois entram no estabelecimento atirando contra a vítima. Um deles chega a apontar para o acompanhante da mulher, mas volta a focar os disparos contra ela. O mesmo foi feito pelo comparsa.

Mesmo com Landy Párraga caída, os criminosos seguem disparando suas armas e saem em seguida do local, deixando modelo no chão. Eles usavam máscaras e bonés. Momentos antes de ser morta, ela havia postado uma foto no estabelecimento.

Continua depois da publicidade

De acordo com o G1, a jovem, que já foi eleita vice-rainha da beleza de Quevedo, cidade onde aconteceu o crime, foi citada durante conversas de traficantes monitoradas pelo Ministério Público. Os agentes estavam investigando uma rede de corrupção e tráfico de drogas em instituições do Estado.

O nome da moça apareceu em trocas de mensagens obtidas no celular do narcotraficante equatoriano Leandro Norero, morto há dois anos em um presídio no centro da Cordilheira Andina.

Ainda segundo o portal, o caso foi batizado de Metástase e mais de 50 pessoas foram processadas devido a um plano de entrega de dinheiro a funcionários judiciais em troca de decisões favoráveis a Norero e seus familiares. Altos funcionários do Poder Judiciário e da polícia, guardas do sistema prisional e advogados estariam envolvidos no esquema.

Propaganda
Advertisement