Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

Mulher é presa após matar companheiro com facada no peito no DF

Publicado em

Uma mulher de 41 anos foi presa em flagrante, na noite dessa quinta-feira (11/4), pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), após matar o companheiro com um golpe de faca no peito.

O crime ocorreu na residência do casal, na quadra 13 de Sobradinho 1. Policiais encontraram a faca utilizada no crime escondida debaixo do sofá.

João Paulo Mancinelli Silva, 36, chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento de Urgência Móvel (Samu) e encaminhado ao Hospital Regional de Sobradinho, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

Continua depois da publicidade

Em depoimento, a suspeita de cometer o homicídio, identificada como Adriana Martins De Aguiar relatou que havia sido agredida pelo companheiro na ocasião, e que os dois teriam feito um consumo excessivo de drogas. Segundo a mulher, a vítima também havia usado o medicamento clonazepam.

“Na verdade, o clonazepam é uma substância calmante, então dificilmente alguém que consome grande quantidade dessa substância poderá se tornar agressivo contra quem quer que seja. O laudo do IML poderá constatar se realmente foi uma perfuração ou mais perfurações e, também, o exame toxicológico, vai dizer quais substâncias estavam na corrente sanguínea da vítima”, detalhou o delegado-chefe da 13ª DP, Hudson Maldonado.

Adriana foi autuada por homicídio e passará por audiência de custódia. “Certamente que, em razão de suas alegações de violência doméstica, a sua tese levantada de autodefesa será analisada pelo Judiciário”, analisou o delegado.

Segundo apurado pela reportagem, a mulher já possuía duas passagens anteriores por homicídio, furto, formação de quadrilha, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e posse de drogas.

Propaganda
Advertisement