Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

Polícia apreende 145 kg de droga e armas com sobrinhos do governador de Roraima

Publicado em

Dois sobrinhos do governador de Roraima, Antonio Denarium (PP), identificados como Fabrício de Souza Almeida, de 38 anos, e Antonio Olivério Garcia Bispo, de 20 anos, foram presos nessa quinta-feira (23) com 145 kg de skunk, um um fuzil, um revólver e milhares de munições em uma operação da Polícia Civil na zona Oeste de Boa Vista.

A defesa dos sobrinhos do governador informou que “tudo será apurado no decorrer do inquerito”. Enfatizou que não foi encontrada “nenhuma droga na posse, na casa ou em qualquer endereço dos suspeitos, tornando irracional atribuir a droga a eles”. Sobre as armas, a defesa afirmou que todas são legais, “com acervo de munição compatível e regularizadas”.

Antonio Denarium afirmou, por meio da Secretaria de Comunicação Social, ser contra “qualquer tipo de atos ilícitos”. Disse ainda que defende a apuração rigorosa de todos os fatos relacionados ao caso apresentado pela Polícia Civil de Roraima, dentro da legalidade. “Caso a investigação confirme a ocorrência de crimes, o governador espera que os responsáveis sejam punidos com o rigor da Lei”. Não há suspeita de envolvimento do governado.

Continua depois da publicidade

A operação que prendeu os irmãos, de acordo com a Polícia Civil, é resultado de uma ação que apreendeu 70 kg de skunk escondidas em uma chácara às margens do igarapé Água Boa, na zona rural de Boa Vista na tarde desta terça-feira (21). Ninguém havia sido preso até então.

Nesta quinta-feira (23), mais 75 kg de skunk foram apreendidas com Fabrício. O sobrinho do governador foi abordado de uma marmoraria no bairro Pintolândia, na zona Oeste, onde foram apreendidas duas armas de fogo, sendo um fuzil e um revólver 3.57, e milhares de munições. A Polícia ainda contabiliza a quantidade. Antônio estava no local e as investigações apontaram que ele é quem guardava as armas.

Em seguida, a equipe policial foi até um depósito no bairro Caranã e, ao abrirem o local com uma chave que estava no carro de Fabrício, encontraram a droga.

Fabrício já havia sido preso em 2010 com diamante em Rondônia. O sobrinho do governador é colecionador, atirador desportivo e caçador (CAC).
Em 2023, Fabrício foi alvo de busca e apreensão da Polícia Federal (PF) junto com a irmã do governador de Roraima porsuspeita de lavagem de dinheiro oriundo de ouro ilegal. À época, foram encontradas nove armas na casa dele.

Propaganda
Advertisement