Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

Polícia procura influencer que fez peeling em homem que morreu

Publicado em

A influenciadora Natalia Fabiana de Freitas Antonio, conhecida como Natalia Becker, é procurada pela Polícia Civil de São Paulo após a morte do paciente Henrique da Silva Chagas, submetido a um peeling de fenol em sua clínica estética na zona sul da capital.

De acordo com funcionários do estabelecimento, a mulher, que se diz especialista em diz tratamento para melasma, manchas na pele e rejuvenescimento facial, teria “passado mal” após a morte do paciente e precisou de atendimento.

Desde então, ela está desaparecida. A defesa da influencer não foi localizada.

Continua depois da publicidade

O caso foi inicialmente registrado como morte suspeita. Agora, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), um inquérito para apurar o crime de homicídio foi instaurado no 27º Distrito Policial da capital.

“Policiais fizeram diligências em vários endereços, mas a autora ainda não foi localizada. As buscas continuam para que ela seja encontrada e ouvida em depoimento”, diz a pasta em nota.

A polícia aguarda o resultado dos exames necroscópico e toxicológico para determinar a causa da morte do paciente.

“Doeu demais”

Henrique da Silva Chagas, de 27 anos, disse, logo após realizar o chamado peeling de fenol, que o tratamento “doeu demais”. Ele morreu poucos minutos depois do procedimento estético ao passar mal na clínica da influencer Natalia Becker, no Campo Limpo, bairro da zona sul de São Paulo.

A vítima fez a afirmação ao marido dele, que o acompanhava na clínica nessa segunda-feira (3/6), segundo o boletim de ocorrência do caso.

Henrique chegou à clínica de estética por volta das 10h e passou por uma limpeza de pele antes de realizar o peeling de fenol. A aplicação desse produto ocorreu na sequência e, por volta das 12h, Natalia conversou com o marido de Henrique dizendo que o atendimento tinha ocorrido conforme o esperado e estava tudo bem.

Continua depois da publicidade

A influencer afirmou que o paciente suportou a dor até com certa tranquilidade. Henrique disse ao marido que o procedimento “doeu demais” e que a mãe dele, que também havia manifestado interesse em fazer o peeling de fenol, não aguentaria.

Cerca de 5 minutos depois, Henrique apertou a mão do marido e começou a respirar muito forte pela boca. O companheiro da vítima chamou as funcionárias da clínica, que foram socorrer o paciente.

Henrique desmaiou e a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada. Quando chegaram ao local, o paciente estava inconsciente, mas respirando. Ele acabou não resistindo e morreu.

Após a constatação do óbito de Henrique em sua clínica, que fica no bairro do Campo Belo, na zona sul de São Paulo, Natalia Becker passou mal. Ela teve uma queda de pressão, que chegou a 9 por 5, com a confirmação da morte do paciente, e foi levada para um pronto-socorro na região.

Propaganda
Advertisement