Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

POLÍCIA

Preso por homicídio em PE, homem ameaça vítima no Pará por PIX; ) golpes virtuais rendiam milhares por dia

Publicado em

Uma situação inusitada chamou a atenção das autoridades no Pará. Um homem, mesmo estando preso em Igarassu (PE) por um processo de homicídio, conseguiu ameaçar e tentar extorquir uma mulher em Cametá, na região nordeste do Estado, através de mensagens pelo aplicativo Whatsapp. Identificado como Daniel Costa da Silva, ele exigiu que a vítima fizesse uma transferência de R$ 1 mil por PIX sob ameaça de morte.

As investigações sobre esse caso intrigante tiveram início há aproximadamente três meses, quando a vítimag recebeu uma ligação do suspeito, que a acusou injustamente de tê-lo denunciado por tráfico de drogas. As ameaças não se limitaram apenas à mulher, mas se estenderam também à sua família.

Para realizar a transferência do valor exigido, Daniel forneceu o número do seu CPF como chave PIX. Esse detalhe foi crucial para que as autoridades o identificassem e descobrissem que ele estava cumprindo pena em um presídio em Pernambuco.

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil do Pará prontamente acionou as autoridades pernambucanas, que realizaram uma revista na cela de Daniel na última segunda-feira (8) e encontraram um telefone celular em posse do preso. Surpreendentemente, o suspeito confessou não apenas o golpe contra a mulher no Pará, mas também outros golpes semelhantes nas redes sociais, os quais lhe rendiam entre seis a oito mil reais diariamente, com vítimas espalhadas por diversos estados brasileiros.

Esse caso revela a sofisticação e ousadia de criminosos mesmo estando atrás das grades, evidenciando a importância do trabalho conjunto das autoridades para coibir práticas criminosas e proteger a população contra esse tipo de extorsão virtual.

Propaganda
Advertisement