Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

Procurado por matar pai e filho em PE é capturado no litoral paulista

Publicado em

A Polícia Militar capturou um foragido de 28 anos, na tarde de quinta-feira (22/5), na Avenida Itapuã, em Bertioga, no litoral paulista.

Segundo o G1, o foragido seria Jardes José da Silva, o Bala, que é acusado de matar pai e filho no interior de Pernambuco, em 2021.

O processo que tramita no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), ao qual o Metrópoles teve acesso, afirma que Bala e outras três pessoas, com os rostos cobertos por toucas, invadiram a casa e mataram José Cícero de Oliveira e Tawemerson da Silva Oliveira. As vítimas eram pai e filho, respectivamente.

Continua depois da publicidade

Eles foram mortos a golpes de facão e tiros de espingarda. O crime teria acontecido por vingança após uma briga envolvendo acusados e Tawemerson.

Os outros denunciados são Williams Roberto da Silva Júnior, o Zé Gotinha; Everton Gonçalves da Silva, o Taiti; e Emerson José da Silva, o T. Esse último foi preso em flagrante. Eles respondem por homicídio qualificado por motivo fútil, meio cruel e recurso que impossibilitou defesa das vítimas.

Quem é Bala

Bala chegou a ser preso preventivamente, mas ganhou o direito de responder em liberdade e desapareceu – motivo pelo qual voltou a ter mandado de prisão expedido.

Na ação, a defesa pediu que ele fosse sumariamente absolvido por suposta improcedência da denúncia. O acusado alega que, na hora do crime, estava assistindo ao jogo do Sport.

Apesar de estar com o rosto escondido, Bala foi reconhecido por mais de uma testemunha como um dos autores do crime, por causa da voz e do tipo físico. “Como Jardes é muito grande e gordo, deu para reconhecer”, registra um dos depoimentos.

Os assassinos também teriam levado para a casa das vítima um cachorro que pertencia a Taiti. Dois criminosos usavam roupas do Exército. Já os demais estavam de casaco preto.

Continua depois da publicidade

Responsável por ficar com a espingarda calibre doze, Bala teria saído do local “dando tiro para cima e sorrindo”, segundo testemunha.

Captura

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP), afirma que a PM recebeu “uma denúncia sobre a localização do indivíduo e durante patrulhamento, o encontraram”.

“Ele foi abordado e conduzido até a delegacia, onde foi constatado que havia um mandado de prisão em seu desfavor”, diz a pasta.

O capturado foi encaminhado à Cadeia Pública do Guarujá.

Propaganda
Advertisement