Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍCIA

Produtor rural que ateou fogo em colega de bebedeira se entregou e confessou o crime para a polícia

Publicado em

No tranquilo município de Rodrigues Alves, uma terrível tragédia abalou a comunidade. Charles Negreiros, um agricultor de 43 anos, foi acusado de cometer um ato hediondo ao atear fogo em Antônio Ferreira da Silva durante uma bebedeira. O suspeito, após ser questionado pelo delegado Marcílio Laurentino, não teve outra opção senão admitir sua culpa.

De acordo com o depoimento de Charles, ele e a vítima estavam compartilhando momentos de descontração regados a bebidas alcoólicas quando uma discussão acalorada teve início. Infelizmente, essa não era a primeira vez que os dois se desentenderam, pois Antônio frequentemente provocava o agricultor. Além disso, Negreiros carrega consigo uma cicatriz na testa resultante de um incidente ocorrido há oito anos, no qual Antônio o feriu com uma faca.

Em meio à tensão e ao álcool consumido em excesso, Charles admitiu ter jogado um copo de cachaça em Antônio e, em um ato irrefletido, ter usado um isqueiro para atear fogo ao corpo da vítima. O acusado alegou que estava profundamente embriagado desde as primeiras horas da manhã do dia anterior.

Continua depois da publicidade

Após a terrível ocorrência, Negreiros deixou o local do crime e decidiu se apresentar voluntariamente à polícia nesta segunda-feira (23). Compareceu à delegacia do município com o intuito de cooperar com as investigações em curso. As autoridades estão empenhadas em esclarecer todos os detalhes desse trágico incidente.

Propaganda
Advertisement