Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍTICA

Irmãos separados por adoção se reencontram por acaso após 10 anos

Publicado em

Adotados por famílias diferentes na infância, os irmãos João Vitor e Gabriel (foto em destaque) se reencontraram após 10 anos, por acaso, em uma sala de aula, na cidade de Indaiatuba, no interior de São Paulo.

Segundo reportagem da emissora EPTV, os jovens, que agora têm 15 e 17 anos, moraram por um tempo em um orfanato com outros dois irmãos, deixados pela avó, e perderam contato após as adoções.

À emissora Gabriel contou que eles ficaram pouco tempo no orfanato. Ele foi morar com a antiga madrinha e pensou que a avó ou os pais fossem buscá-lo em algum momento.

Continua depois da publicidade

O adolescente disse que pediu para voltar ao orfanato a fim de tentar reencontrar os irmãos, mas não teve sucesso e desistiu. “Resolvi deixar isso quieto e pensei: devem ter ido morar em outro lugar”, contou Gabriel.

Já João, que tinha apenas 3 anos quando foi adotado por outra família em 2014, pensou que Gabriel estivesse bem distante. “Eu pensei na minha cabeça que ele tinha ido morar fora do país”, disse.

Mas, na verdade, segundo a EPTV, os dois moravam em lados opostos de Indaiatuba, cidade que fica na Região Metropolitana de Campinas, e se reencontraram em um programa que prepara jovens para o mercado de trabalho.

Foi durante uma aula na qual Gabriel foi contar as experiências que tem como eletricista, profissão conquistada por meio do projeto, que João o reconheceu, na plateia.

“Quando ele [Gabriel] entrou na sala, todo mundo começou a falar. Todo mundo mesmo, literalmente. Daí ele começou a olhar para mim, e eu para ele. E o povo começou a falar baixinho que a gente se parecia muito, muito mesmo”, lembrou João.

Após a aula, segundo relata, João dividiu com o professor a sua desconfiança. Em conversa com o docente, disse achar que aquele jovem que falara na sala de aula era seu irmão. Logo foi confirmado o parentesco, e os irmãos combinaram de se encontrar em um shopping da cidade.

Continua depois da publicidade

“Eu comecei a puxar assunto, para gente lembrar um pouquinho da nossa história, e saber o futuro”, disse João à emissora. Hoje, eles são vizinhos, encontram-se diariamente e mantêm contato com os outros dois irmãos.

Propaganda
Advertisement