Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

POLÍTICA

Jorge Viana completa 62 anos e líder do PT divulga paródia: “Se não for você, não vai ser ninguém”

Publicado em

Jorge Viana/Foto: Reprodução

No dia em que completa 62 anos de idade, nesta segunda-feira (20), o ex-governador e ex-senador Jorge Viana (PT) fez publicar, nas redes sociais, um videoclipe em que enaltece os feitos de seu governo de oito anos, de 1999 a 2007, e escarnece possíveis adversários, como o atual governador do Estado, Gladson Cameli (PP) e os senadores Sérgio Petecão (PSD) e Márcio Bittar (MDB). No vídeo, sob uma música cujo refrão fala de saudades, são mostradas obras executadas em governos que o sucederam, como o de Binho Marques e de seu irmão Tião Viana, que também ficou oito anos no poder.

 

Uma das obras exibidas no vídeo é a sede da OCA, no centro de Rio Branco, construída no governo de Binho Marques. Obras do governo Tião Viana, talvez por não existirem, praticamente não são mostradas. No vídeo, maior destaque para o Parque da Maternidade, construído por Jorge Viana e abandonado, até os dias atuais, no governo de irmão, no período de 2011 a 2019.

Outro destaque do vídeo são fotografias de Gladson Cameli, Márcio Bittar e Petecão, que aparecem sempre fazendo caretas ou em posições desconfortáveis, enquanto Jorge Viana aparece sendo carregado nos braços por seus apoiadores e em outras cenas em que pousa de pop star da política.

Continua depois da publicidade

O vídeo surpreende porque é publicado num momento em que o ex-governador que perdeu a reeleição para o Senado em 2018 não demonstra qual cargo deverá disputar em 2022, se o Governo do Estado ou um cadeira de senador. Pessoas próximas ao político informam que ele, o qual, no começo, tinha dúvidas quanto às eleições para o Governo, começa a se animar em relação a um possível retorno ao Palácio Rio Branco por causa do o crescimento do nome do ex-presidente Lula como sucessor de Jair Bolsonaro, em 2022. Essas pessoas dizem que se a candidatura de Lula se confirmar e Jorge Viana perceber que seu amigo voltará a ser presidente, sairia para o Governo. “O Jorge não é besta e só vai na boa”, disse uma pessoa muita próxima ao político.

Caso não volte a disputar o Governo, Jorge Viana deverá ser candidato ao Senado.

Propaganda
Advertisement