Search
Close this search box.
RIO BRANCO
Search
Close this search box.

POLÍTICA

Petecão afirma que não irá se opor sobre possível renúncia de Marfisa Galvão da vice-prefeitura

Publicado em

A indicação da vice-prefeita de Rio Branco, Marfisa Galvão (PSD), para a pré-candidatura de Marcus Alexandre (MDB) à prefeitura da capital trouxe incertezas em relação à sua permanência como vice-prefeita de Bocalom até o término do mandato.

O senador Sérgio Petecão, presidente estadual do Partido Social Democrático e esposo de Marfisa Galvão, que a indicou na chapa de Marcus Alexandre, avalia que não há impedimento legal para que ela permaneça no cargo, mas ressalta que não se oporá a uma eventual decisão de renúncia por parte de Marfisa. Segundo Petecão, embora acredite que ela deva permanecer como vice-prefeita, reconhece que a exclusão de Marfisa das atividades da prefeitura por Bocalom pode levar à necessidade de renúncia.

Ao ser questionado sobre o papel de Marfisa na gestão de Tião Bocalom, Petecão defende que sua esposa pode contribuir significativamente para a comunidade mesmo sem utilizar a estrutura da prefeitura, sugerindo o uso da estrutura partidária para esse fim. “Ela pode atuar com base na estrutura do partido, considerando que Bocalom não tem dado oportunidades para sua participação. Neste momento, é importante seguir adiante com os recursos disponíveis”, destacou o senador.

Continua depois da publicidade
Propaganda
Advertisement