Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍTICA

PL pode expulsar deputado que votou contra cassação de Janones por prática de ‘rachadinha’

Publicado em

Após votar contra a cassação de André Janones (Avante-MG) pela acusação de receber parte dos salários de seus funcionários – no esquema conhecido como “rachadinha” -, o deputado Junior Lourenço (PL-MA) pode ser expulso de sua legenda. Dos cinco deputados da bancada do PL no Conselho de Ética da Câmara, que analisava o processo contra Janones, Lourenço foi o único que votou pela absolvição.

O Partido Liberal ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso. Procurado, o deputado Júnior Lourenço também não se pronunciou.

O deputado Nikolas Ferreira (PL-MG) publicou, em seu perfil no X (ex-Twitter) que a sigla vai desfiliar Lourenço em razão de seu posicionamento. O maranhense foi um dos 12 parlamentares que votou favoravelmente ao relatório de Guilherme Boulos (PSOL-SP), que solicitou o arquivamento da denúncia.

Continua depois da publicidade

“O deputado Júnior Lourenço, que votou para livrar Janones da cassação, será expulso do PL”, afirmou Nikolas. Outro congressista da oposição, Mauricio Marcon (Podemos-RS), afirmou esperar que o maranhense deixe o partido. “Esse é o deputado do PL Junior Lourenço (PL/MA) que votou para absolver o Janones. Espero que seja expulso do partido. Obs: Ele vota quase 70% com Lula”, tuitou.

Na publicação, Marcon anexou uma foto de Lourenço com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) indicado por Lula, Flávio Dino. Antes de ocupar a Suprema Corte, Dino foi ministro da Justiça e Segurança Pública do petista, e aliado político de longa data.

 

Propaganda
Advertisement