Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍTICA

Trump diz que seria uma “grande honra” ir para a prisão por violar ordem de silêncio

Publicado em

O ex-presidente dos EUA Donald Trump disse que seria “uma grande honra” ir para a prisão por violar uma ordem de silêncio imposta pelo juiz de seu próximo julgamento por acusações decorrentes de um pagamento secreto a uma estrela pornô.

“Se este partidário enviesado quiser me colocar na situação de falar a VERDADE aberta e óbvia, terei prazer em me tornar um Nelson Mandela dos tempos modernos – será minha GRANDE HONRA”, publicou Trump no sábado em sua plataforma Truth Social.

Trump estava se referindo ao juiz Juan Merchan, que presidirá seu julgamento no tribunal estadual de Nova York, em Manhattan, sob acusações criminais de encobrir um pagamento de 130 mil dólares antes da eleição de 2016 à estrela pornô Stormy Daniels para comprar seu silêncio sobre um suposto encontro sexual.

Continua depois da publicidade

O julgamento começa em 15 de abril.

O republicano, que desafia o presidente democrata Joe Biden nas eleições presidenciais de 5 de novembro nos EUA, declarou-se inocente de 34 acusações de falsificação de registos comerciais e nega ter tido um encontro com Daniels, cujo nome verdadeiro é Stephanie Clifford.

Merchan ampliou em 1º de abril uma ordem de silêncio existente que proibia Trump de comentar publicamente sobre testemunhas e funcionários do tribunal para deixar claro que isso também se aplica a familiares. Ele fez isso depois que Trump menosprezou a filha de Merchan.

O iminente julgamento é um dos quatro casos criminais que Trump enfrenta antes das eleições nos EUA. Poderia ser o único a chegar a julgamento antes das eleições. Ele se declarou inocente de todos e disse que os mesmos tinham motivação política.

 

Propaganda
Advertisement