Search
Close this search box.
RIO BRANCO

POLÍTICA

Vereadores criticam gestão de Bocalom por conta de atraso na entrega das casas prometidas

Publicado em

A não entrega das 1.001 casas populares, prometida para o Dia das Mães pelo prefeito Bocalom, gerou críticas e decepção entre alguns vereadores durante a sessão da Câmara Municipal de Rio Branco nesta terça-feira, 14.

O vereador Célio Gadelha (MDB) expressou sua frustração diante do adiamento da entrega das unidades habitacionais, afirmando que a realização desse compromisso não ocorrerá durante a atual administração. Ele lamentou o impacto dessa situação nos sonhos das famílias que ansiavam por uma casa própria.

Por sua vez, a vereadora Elzinha Mendonça (PP), da oposição, demonstrou solidariedade às famílias que aguardavam as casas prometidas, criticando a falta de cumprimento da promessa pela prefeitura. Ela destacou a ausência de compromisso da gestão do prefeito Sebastião Bocalom com a população de Rio Branco.

Continua depois da publicidade

Em defesa do prefeito, o líder na Câmara, vereador João Marcos Luz (PL), argumentou que a oposição estava sendo injusta ao criticar a prefeitura. Ele mencionou que Mendonça e Gadelha não apoiaram o projeto de R$ 38 milhões destinado à pavimentação dos locais de construção das casas, e, portanto, não teriam o direito de reclamar. Luz também apontou a burocracia como um obstáculo para a entrega das casas, ressaltando que o prefeito enfrentou dificuldades para concretizar a promessa no Dia das Mãe

Propaganda
Advertisement