Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Acre ocupa o quarto lugar em geração de empregos na Região Norte

Publicado em

O Acre, um dos estados da região Norte do Brasil, conquistou a posição de quarto maior gerador de empregos em fevereiro, de acordo com os dados recentes divulgados pelo Novo Caged. Durante o segundo mês do ano, o estado admitiu um total de 4.798 trabalhadores com carteira assinada e desligou 3.945, resultando em um saldo positivo de 853 novas vagas.

Apesar desse crescimento, o Acre ainda se encontra atrás de Roraima, Tocantins e Rondônia, conforme apontado pela pesquisa do Novo Caged. Egídio Garó, representante da Federação do Comércio do Acre, destacou que nos últimos 12 meses houve um saldo de 5.263 novos postos de trabalho, representando um aumento relativo de 6,34%.

Os municípios que mais se destacaram em termos de contratações foram Rio Branco, com um saldo positivo de 534 vagas, seguido por Senador Guiomard, com 214 novos postos, e Cruzeiro do Sul, com um saldo positivo de 84 vagas. Por outro lado, Bujari registrou uma redução de 82 postos, seguido por Acrelândia, com -46 vagas ocupadas, e Epitaciolândia, com um saldo negativo de 28 postos de trabalho.

Continua depois da publicidade

Os setores que se destacaram na geração de empregos foram os serviços, com 827 vagas, seguidos pelo comércio e construção, cada um com 35 novas vagas. Por outro lado, a agricultura e a indústria apresentaram saldos negativos, indicando uma elevação no número de desligamentos em relação às admissões.

Garó explicou que esses reflexos estão associados aos investimentos limitados no agronegócio e na indústria, devido aos altos custos das matérias-primas necessárias para o processo produtivo. Além disso, ressaltou que a falta de diversificação do portfólio está relacionada ao mercado local e nacional limitado e disperso.

Em resumo, apesar dos desafios enfrentados pelos setores da agricultura e indústria no Acre, os dados refletem um cenário positivo para a geração de empregos nos demais setores da economia do estado.

Propaganda
Advertisement