Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Acre registra diminuição expressiva de casos graves de dengue e nenhuma morte no primeiro trimestre de 2024

Publicado em

No início de 2024, o Estado do Acre comemora uma expressiva diminuição nos casos graves de dengue, sem nenhuma ocorrência de morte relacionada à doença. Essas informações foram divulgadas pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE) do Ministério da Saúde, trazendo um alento para a população acreana.

De acordo com o relatório, que engloba as 12 primeiras semanas epidemiológicas do ano, foi constatado um notável declínio nos casos graves de dengue no estado, com apenas três registros, representando uma redução de 80% em relação ao mesmo período de 2023, no qual foram contabilizados 15 casos graves.

Enquanto a região Norte como um todo enfrentou um aumento no número de casos graves, passando de 186 em 2023 para 193 em 2024, o Acre se destacou ao não registrar nenhuma morte por dengue no primeiro trimestre de ambos os anos. Além disso, a região Norte como um todo também observou uma redução no número de mortes pela doença, passando de 11 em 2023 para seis em 2024.

Continua depois da publicidade

Apesar desses avanços positivos, é importante notar que o número de casos “normais” de dengue aumentou. A incidência da doença nos três primeiros meses de 2024 foi de 758,1 casos por cada 100 mil habitantes, representando um aumento significativo em relação aos 261,5 casos por 100 mil habitantes registrados no ano anterior. Este aumento ressalta a importância contínua da vigilância e prevenção da dengue, apesar dos progressos alcançados na redução dos casos graves e das mortes relacionadas à doença.

Propaganda
Advertisement