Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Análise do Desemprego: Acre registra taxa de desocupação de 8,9% no início de 2024

Publicado em

O desemprego no Acre apresentou um crescimento significativo, com a taxa de desocupação subindo de 6,7% no quarto trimestre de 2023 para 8,9% no primeiro trimestre de 2024, segundo dados do IBGE. Esse aumento de 2,2% coloca a taxa de desemprego do Acre acima da média nacional.

No primeiro trimestre de 2024, a taxa de desemprego no país foi de 7,9%, registrando um aumento de 0,5 ponto percentual em relação ao trimestre anterior. Em comparação com o mesmo período do ano anterior, houve uma queda de 0,9 ponto percentual. A situação do desemprego variou entre os estados, com as maiores taxas sendo observadas na Bahia (14,0%), Pernambuco (12,4%) e Amapá (10,9%), e as menores taxas em Rondônia (3,7%), Mato Grosso (3,7%) e Santa Catarina (3,8%).

A taxa de desocupação por sexo foi de 6,5% para homens e 9,8% para mulheres no primeiro trimestre de 2024. Em relação à cor ou raça, a taxa de desemprego ficou abaixo da média nacional para os brancos (6,2%) e acima para os pretos (9,7%) e pardos (9,1%).

Continua depois da publicidade

No Acre, a taxa anual de desemprego em 2023 foi de 7,5%, representando uma queda expressiva em relação a 2022, quando atingiu 12,4% da população desocupada.

A pesquisa do IBGE também revelou que, no primeiro trimestre de 2024, houve reduções percentuais em todas as faixas de tempo de procura por trabalho, com destaque para a diminuição de 14,5% no contingente de pessoas que buscavam emprego por dois anos ou mais. Apesar disso, em comparação com o início da série histórica em 2012, o número de pessoas procurando trabalho por dois anos ou mais aumentou em 8,9%.

Esses dados foram divulgados pela PNAD Contínua Trimestral nesta sexta-feira (17) pelo IBGE.

Propaganda
Advertisement