Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Aviação no Acre: Periodo mais crítico em incidentes aéreos e acidentes desde 2002

Publicado em

O setor da aviação civil no Acre enfrenta um período de extrema gravidade, marcando um dos momentos mais desafiadores desde o trágico acidente envolvendo o voo da Rico Linhas Aéreas. Os registros do Painel Sipaer de Ocorrências Aeronáuticas revelaram sete incidentes aéreos em 2024 no estado, com a inclusão recente da queda do avião Cessna no rio Tarauacá aprofundando a complexidade da situação.

Nos últimos 12 meses, o Acre testemunhou 13 ocorrências resultando em 14 óbitos, apontando esses dois anos como os mais letais e perigosos para a aviação no estado desde 2002. Apesar de possuir um baixo número de aeronaves registradas na ANAC em comparação com outros estados, o Acre se destaca como o 21º em ocorrências nos últimos 10 anos, demonstrando desafios significativos na segurança aérea.

As estatísticas detalhadas pela Força Aérea Brasileira mostram uma variedade de ocorrências classificadas em acidentes, incidentes e incidentes graves, com ênfase nas falhas ou mau funcionamento de componentes e sistemas como a principal causa. A análise aponta para questões críticas como mau funcionamento do motor, colisões com aves e problemas estruturais em aeródromos, evidenciando os desafios enfrentados no meio aeronáutico acreano.

Continua depois da publicidade

Os dados revelam que a operação de Táxi Aéreo registrou o maior número de ocorrências, das quais algumas foram classificadas como acidentes. Na aviação privada, as ocorrências foram menores em quantidade, porém, um número significativo delas foi categorizado como acidentes, destacando os riscos envolvidos nas operações aéreas.

Os esforços de investigação do CENIPA apontam o desempenho técnico humano como fator preponderante nas ocorrências de acidentes e incidentes graves no Acre, ressaltando a importância do treinamento, comunicação e capacitação para mitigar riscos. Diante desses desafios, é crucial implementar medidas eficazes para promover a segurança e aprimorar as práticas aeronáuticas no estado.

Propaganda
Advertisement