Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Cenário Crítico: Rio Acre em risco de nível histórico e alerta ambiental em estudo

Publicado em

O Rio Acre enfrenta a possibilidade de atingir um nível histórico de 1,25 metros, conforme alerta do coronel Carlos Batista, coordenador da Defesa Civil Estadual. A previsão para os próximos meses indica que o nível de água poderá ficar abaixo do registro histórico de 1,25 metros, datado de 2 de outubro de 2022. Diante dessa perspectiva, o governo está considerando a decretação do estado de alerta ambiental.

Segundo a medição realizada pela Defesa Civil de Rio Branco nesta segunda-feira, 3, o Rio Acre apresentou 2,55 metros, com uma redução de 5 centímetros nas últimas 24 horas. Esse número é considerado baixo, especialmente porque a previsão aponta que as chuvas significativas só devem retornar em outubro. O coronel explica que o inverno amazônico, de junho a setembro, é marcado por baixos volumes de chuva, com a tendência de chuvas intensas a partir de outubro.

O baixo volume de água no Rio Acre tem gerado preocupações entre as autoridades. A Defesa Civil Estadual solicitou que todos os municípios do Acre desenvolvam planos de contingência para prevenir queimadas florestais. O coronel Batista ressalta que as consequências do baixo nível das águas podem afetar diversas áreas, incluindo agricultura, pecuária, piscicultura, abastecimento de água e saúde pública, devido ao aumento das doenças circulatórias decorrentes da baixa umidade.

Continua depois da publicidade

Além disso, o coordenador da Defesa Civil Estadual destaca que o nível do lençol freático pode ser impactado, levando à seca de poços e aumentando o risco de incêndios. A possibilidade de decretar o estado de alerta está sendo analisada como medida para fortalecer as ações preventivas e de resposta diante dessa situação desafiadora.

Propaganda
Advertisement