Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Desde 2022, o Acre registra mais de mil casos de violência sexual contra crianças e adolescentes

Publicado em

No estado do Acre, dados alarmantes revelam uma triste realidade: desde o ano de 2022 até abril deste ano, mais de 1.000 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes foram registrados. Os números divulgados pela Polícia Civil durante o Seminário Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes são chocantes. Em 2022, foram contabilizados 496 boletins de ocorrência relacionados a essa terrível forma de violência, e em 2023, apesar de uma pequena diminuição, ainda foram reportados 487 casos.

O relatório do Departamento de Inteligência da Polícia Civil aponta que apenas nos primeiros quatro meses deste ano, aproximadamente 116 novos casos foram registrados, elevando o total para 1.099 casos. A delegada Juliana de Angelis, representante de políticas públicas da Polícia Civil, expressa sua preocupação com esses números alarmantes e levanta a questão da subnotificação. Ela questiona quantas crianças ainda sofrem em silêncio, sem terem suas denúncias formalizadas e sem os registros necessários.

Juliana destaca a importância do Seminário como um momento crucial para fortalecer a rede de apoio às vítimas. Ela ressalta que a Polícia Civil desempenha um papel fundamental como porta de entrada para denúncias, mas enfatiza a necessidade de colaboração entre diversas instituições e órgãos comprometidos com a luta contra a violência sexual infantil. O objetivo é agir com agilidade e eficácia no combate a esse grave problema, visando reduzir os índices de violência no estado do Acre.

Continua depois da publicidade
Propaganda
Advertisement