Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Detento é encontrado morto no presídio Antônio Amaro em Rio Branco

Publicado em

Uma triste ocorrência abalou o presídio Antônio Amaro Alves, em Rio Branco, com a confirmação da morte de um detento durante a manhã desta quarta-feira (29), conforme anunciado pelo Instituto de Administração Penitenciária do Acre.

O detento identificado como Oceu Rocha Martins, de 41 anos, foi encontrado sem vida em sua cela por um companheiro de cela, que imediatamente solicitou auxílio dos policiais penais. Apesar da intervenção do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), a equipe médica apenas pôde constatar o óbito de Oceu.

As autoridades aguardam agora a realização da perícia para esclarecer a causa da morte do detento, buscando entender as circunstâncias que levaram a essa trágica situação.

Continua depois da publicidade

Oceu Rocha Martins havia sido preso em 25 de setembro de 2017 por seu envolvimento em uma quadrilha responsável por furtos e assaltos em estabelecimentos comerciais, resultando no roubo de máquinas, ferramentas, eletrodomésticos e outros itens. Posteriormente, durante um incidente no Fórum de Bujari, o grupo também foi acusado de furtar armas com ordens judiciais. Na época da prisão, o delegado Pedro Resende informou à imprensa que Martins possuía um mandado de prisão em aberto por homicídio.

Confira a nota completa do Governo do Acre e do Iapen:

O governo do Estado do Acre, por meio do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), informa a morte do detento Oceu Rocha Martins, de 41 anos, nesta quarta-feira, 29, no Presídio Antônio Amaro Alves, em Rio Branco.

O detento que dividia a cela com Oceu relatou que, quando acordou, deparou-se com o colega caído no chão, desacordado, e chamou um policial.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar socorro ao detento, mas só pôde atestar o óbito. Não foram encontrados sinais de violência nos presos. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado e o Iapen aguarda o laudo pericial.

Que, neste momento de profunda dor, Deus conforte o coração dos familiares.

Continua depois da publicidade

Alexandre Nascimento

Presidente do Iapen/AC

Propaganda
Advertisement