Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Em busca de valorização: Servidores municipais de Rio Branco pedem reajuste salarial em protesto

Publicado em

Foto: Jardy Lopes/Ac24horas

Os servidores municipais de Rio Branco, unidos em centenas, manifestaram-se vigorosamente em frente à prefeitura nesta terça-feira, 2, em busca de um reajuste salarial substancial e da implementação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCR).

Sob a liderança de José Augusto, presidente da Associação dos Servidores Municipais de Rio Branco (Assemurb), o protesto foi direcionado à administração municipal para que cumpra os compromissos assumidos com a categoria. Augusto ressaltou a importância dos reajustes salariais e dos pisos nacionais, destacando a falta de ação da prefeitura em encaminhar as propostas de lei necessárias.

O diálogo tem sido escasso por parte da gestão municipal, conforme relatado pelo presidente da Assemurb. Mesmo após tentativas de negociação na Câmara Municipal, os servidores sentiram-se frustrados com o fechamento das portas para as negociações. A busca é por um reajuste linear abrangente que contemple todas as categorias, incluindo saúde, endemias, professores e enfermeiros.

Continua depois da publicidade

Enquanto aguardam para serem recebidos pela equipe do prefeito Tião Bocalom, os servidores permanecem firmes em sua demanda por justiça salarial. O sindicalista enfatizou que a prefeitura possui margem para conceder o reajuste necessário, considerando que no ano anterior apenas uma parcela do orçamento foi destinada aos servidores.

Entre os manifestantes estava Rosângela Castro, servidora municipal veterana, que criticou a presença policial que impedia o acesso dos servidores ao prédio do Poder Executivo. Ela ressaltou a urgência do reajuste proposto e lamentou as barreiras impostas à livre circulação dos trabalhadores.

Propaganda
Advertisement