Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Emergência Hídrica: Defesa civil antecipa medidas para enfrentar seca severa no Acre

Publicado em

A Defesa Civil emitiu um alerta para o risco iminente de uma seca severa no Rio Acre, com o nível do rio registrando apenas 3,35 metros nesta segunda-feira, 13 de maio, o que representa uma significativa queda em relação à média histórica para este período, estimada em cerca de 5,63 metros. O diretor da Defesa Civil, tenente-coronel Cláudio Falcão, destacou a preocupação com a situação atual, revelando que o rio está mais de 2 metros abaixo do nível esperado devido à redução das chuvas, que resultou em uma queda de 90 centímetros no volume do rio em apenas uma semana.

Diante desse cenário, a Defesa Civil está monitorando de perto as chuvas em Brasiléia nas últimas 24 horas, na esperança de que as precipitações sejam suficientes para elevar o nível do Rio Acre na capital nas próximas 60 horas. No entanto, caso as chuvas não sejam adequadas, existe a possibilidade de que o nível do rio caia abaixo de 3 metros ainda em maio, agravando a situação de escassez hídrica na região.

Além do alerta, o diretor da Defesa Civil revelou a existência de um plano de contingência elaborado para lidar com a escassez hídrica, que está pronto para ser implementado. Falcão ressaltou a gravidade da situação, destacando que desde 2015 o nível do rio não esteve tão baixo nesta época do ano. Em 2022, o nível mais baixo registrado foi de 3,47 metros, e em setembro daquele ano, o rio atingiu a marca alarmante de 1,25 metros. Este ano, a situação é ainda mais crítica, exigindo medidas preventivas e ações eficazes para enfrentar os desafios decorrentes da seca severa.

Continua depois da publicidade
Propaganda
Advertisement