Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Forças de segurança agem e fazem varredura no presídio Manoel Nery e evitam possível desordem

Publicado em

Uma operação de varredura realizada no Presídio Manoel Nery, em Cruzeiro do Sul, iniciada na quinta-feira e continuada nesta sexta-feira, revelou ações preventivas que evitaram possíveis tumultos e desordens que estavam prestes a ocorrer no local. Durante a ação, que abrangeu os blocos menores da unidade prisional, foram descobertos armas artesanais, estoques, celulares e drogas, resultando na condução de 10 presos para a Delegacia Geral de Polícia Civil para responder por novos crimes.

O diretor do presídio, Elves Barros, destacou a importância da operação para demonstrar que as forças de segurança mantêm o controle efetivo dos presídios. Ele ressaltou que as revistas são parte de um trabalho contínuo em todas as unidades prisionais do Estado, sendo essenciais para garantir a segurança e a ordem no ambiente carcerário.

Em Cruzeiro do Sul, a ação ganhou relevância devido à inteligência das forças de segurança que identificaram uma possível movimentação suspeita no presídio. O setor de inteligência alertou sobre a potencial desordem que poderia ser provocada por uma facção criminosa, levando a direção do Iapen a realizar a operação de forma preventiva.

Continua depois da publicidade

O tenente-coronel Edvan Rogério, comandante da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul, destacou a importância da operação como uma demonstração de força para assegurar a lei e a ordem no presídio. Ele enfatizou a prontidão das forças de segurança em responder de forma adequada a cada situação, garantindo a segurança da comunidade e a integridade do sistema prisional.

Propaganda
Advertisement