Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Funcionário de presídio é detido ao tentar ingressar com materiais ilegais; Governo estadual se posiciona

Publicado em

Um incidente grave ocorreu na Unidade Penitenciária Moacir Prado em Tarauacá, quando um servidor foi detido em flagrante ao tentar entrar no presídio com materiais ilícitos na última segunda-feira (1). A ação conjunta da Polícia Penal e Polícia Civil foi resultado de um trabalho minucioso de investigação e inteligência penitenciária.

Em resposta a esse lamentável episódio, o governo do Estado do Acre, representado pelo presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Alexandre Nascimento, emitiu uma nota pública nesta quarta-feira (3), enfatizando a intolerância diante desse tipo de conduta e reafirmando o compromisso em investigar minuciosamente o ocorrido.

Veja a nota abaixo:

Continua depois da publicidade

O governo do Estado do Acre, por meio do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), informa que nesta segunda-feira, 1º, um servidor da Unidade Penitenciária Moacir Prado, em Tarauacá, foi preso em flagrante ao tentar entrar no presídio com material ilícito.

A ação da Polícia Penal e Polícia Civil se deu após um trabalho de investigação e de inteligência penitenciária. O servidor recebeu voz de prisão e foi conduzido até a delegacia para ser lavrado o flagrante.

O Iapen e a Polícia Penal não toleram condutas dessa natureza e trabalham para capacitar e orientar seus servidores quanto a comportamentos e disciplina. Ressalta, ainda, que tais incidentes não representam o padrão de conduta dos servidores e repudia veementemente qualquer ação que contrarie os princípios éticos.

Alexandre Nascimento

Presidente do Iapen

Propaganda
Advertisement