Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Manifestantes em greve bloqueiam Acesso à Ufac em Rio Branco em protesto por demandas ignoradas

Publicado em

Foto: Whidy Melo/ac24horas

Nesta quarta-feira (22), técnicos, docentes e discentes em greve adotaram uma medida radical ao fecharem os acessos à Universidade Federal do Acre (Ufac) em Rio Branco, em um movimento destinado a chamar a atenção do Governo Federal e da reitoria da instituição. Os grevistas alegam que suas demandas têm sido ignoradas pelo comando da greve, levando-os a tomar essa ação drástica.

Raquel Ishii, representante do Comando de Greve Docente, explicou que o fechamento do campus é uma tentativa extrema de chamar a atenção da reitoria, que estaria se recusando a atender aos pedidos de reunião feitos desde agosto do ano passado. Ishii ressaltou: “Tentamos dialogar, mas o fechamento é para provocar um prejuízo sim, chamar a atenção. Todas as atividades essenciais da Universidade estão mantidas”.

Por sua vez, João Patto, estudante de enfermagem e representante do Comando Local de Greve Estudantil, expressou o apoio dos alunos ao bloqueio dos acessos. Ele destacou as demandas estudantis, como a qualidade do Restaurante Universitário, o aumento dos valores das bolsas estudantis e a melhoria da infraestrutura do campus, questões que afetam diretamente a qualidade do ensino.

Continua depois da publicidade

O fechamento do Campus Rio Branco da Ufac está programado para durar toda a manhã, com a previsão de liberação dos acessos entre o meio-dia e às 15h. Esse ato de protesto visa pressionar as autoridades a atenderem às reivindicações dos grevistas e garantir melhorias nas condições de trabalho e estudo na universidade.

Propaganda
Advertisement