Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

MPAC obtém vitória na ação para encerramento do aterro sanitário da Transacreana

Publicado em

Após uma solicitação do Ministério Público do Acre (MPAC), a cidade de Rio Branco recebeu um prazo de 150 dias para encerrar as operações do aterro sanitário localizado na estrada Transacreana. Esse prazo começa a contar a partir da apresentação, por parte da prefeitura, de um plano de trabalho detalhando os procedimentos para encerrar o uso do local.

Essa decisão foi publicada no Diário da Justiça do Estado do Acre e foi tomada pelos desembargadores da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC). De acordo com a Justiça, a prefeitura deve concluir o cercamento da área e apresentar o plano de encerramento dentro de 30 dias. Caso essas ordens não sejam cumpridas, a prefeitura será penalizada com uma multa diária de R$ 3 mil, limitada a 30 dias.

O caso teve início com uma Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público do Acre, que solicitou medidas emergenciais para corrigir as irregularidades do local, incluindo o encerramento das atividades do aterro de inertes.

Continua depois da publicidade
Propaganda
Advertisement