Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Sucesso na Saúde: Acre completa duas décadas livre do sarampo

Publicado em

O Acre comemora um marco significativo na área da saúde, completando 24 anos sem casos autóctones de sarampo, conforme informado pelo Ministério da Saúde. Desde os últimos 15 casos registrados em 2000, o estado não enfrentou mais transmissões locais dessa doença altamente infecciosa, contribuindo de forma expressiva para o controle e redução do sarampo em todo o Brasil.

Recentemente, o Brasil celebrou dois anos sem casos autóctones de sarampo, aproximando-se da recertificação como ‘país livre de sarampo’ após ter saído da condição de região endêmica no ano passado. No entanto, em 2018, a reintrodução do vírus no território nacional, devido ao intenso fluxo migratório e baixas coberturas vacinais, trouxe desafios. Desde então, o número de casos de sarampo tem diminuído significativamente, passando de 20.901 registros em 2019 para 41 casos em 2022, com o último caso confirmado em junho de 2022 no Amapá.

O Brasil recebeu recentemente a visita da Comissão Regional de Monitoramento e Reverificação da Eliminação do Sarampo, Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita, demonstrando o compromisso contínuo com a eliminação dessas doenças. A manutenção das altas coberturas vacinais, conforme recomendado pela OMS, é essencial para proteger a população contra casos importados do vírus e garantir a segurança de todos, inclusive daqueles que não podem ser vacinados.

Continua depois da publicidade

A vacina tríplice viral, disponível no Calendário Nacional de Vacinação, desempenha um papel crucial na prevenção do sarampo, caxumba e rubéola. O aumento da cobertura vacinal, especialmente da primeira dose, é fundamental para fortalecer a imunização da população e evitar surtos dessas doenças altamente contagiosas.

É importante ressaltar a importância da continuidade da estratégia de microplanejamento, que visa fortalecer o acesso à vacinação durante todo o ano. Com esforços conjuntos e a conscientização sobre a importância da vacinação, podemos manter o Brasil livre do sarampo e proteger a saúde de todos os cidadãos.

Propaganda
Advertisement