Search
Close this search box.
RIO BRANCO

CIDADES

Corpos encontrados em barco no Pará serão temporariamente sepultados na quinta-feira

Publicado em

Os corpos encontrados em um barco à deriva no litoral paraense no dia 13 de abril serão sepultados temporariamente amanhã, pela manhã, 25, no cemitério São Jorge, bairro da Marambaia, em Belém. Até o momento, nenhuma das vítimas foi identificada.

A cerimônia de sepultamento será realizada de forma laica, organizada pelas instituições envolvidas no resgate, incluindo a Marinha, o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e a Polícia Científica do Pará, a Guarda Municipal de Bragança, a Defesa Civil do Estado, a Defesa Civil de Bragança, a Organização Internacional para as Migrações (OIM) e o Alto-comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

Segundo a Polícia Federal (PF), responsável pela investigação, a escolha pelo sepultamento temporário permite que, caso seja necessário, os corpos possam ser exumados e transferidos para outro local, de acordo com o desejo das famílias.

Continua depois da publicidade

O barco foi encontrado por pescadores paraenses com alguns corpos já em decomposição em um rio na região de Salgado, no nordeste do Pará. A suspeita da PF é que a embarcação tinha como destino as Ilhas Canárias, na Espanha, pois esse arquipélago é frequentemente utilizado como rota migratória para entrada no continente europeu. De acordo com a polícia, evidências indicam que o barco provavelmente saiu da Mauritânia, na África, e acabou sendo levado por uma corrente marítima em direção ao Brasil. Estima-se que pelo menos 25 pessoas estavam a bordo do barco, que foi construído artesanalmente e não possuía leme, motor ou sistema de direção.

Dentro da embarcação, foram encontradas 25 capas de chuva e vários objetos, incluindo 27 telefones celulares, que foram encaminhados para análise pericial no Instituto Nacional de Criminalística.

A PF continua em contato constante com entidades internacionais, por meio da Interpol, durante a realização da perícia no Instituto Nacional de Criminalística (INC) em Brasília. O objetivo é obter mais informações sobre a origem e as circunstâncias desse trágico incidente, visando esclarecer os fatos e prestar apoio às famílias das vítimas.

Propaganda
Advertisement

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply