Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Contraste no Acre: enquanto pobreza diminui no país, estado registra aumento

Publicado em

O Acre se destacou como o único estado do Brasil em que os índices de pobreza e extrema pobreza aumentaram de 2022 para 2023. Enquanto 25 estados e o Distrito Federal registraram queda nessas taxas, alcançando os menores níveis desde o início da série histórica em 2012, o Acre viu a pobreza crescer de 51,1% para 51,55% no mesmo período.

Em contraste com o crescimento econômico observado no restante do país, o Acre enfrentou um aumento da pobreza, definida como viver com até R$ 664 por mês. Além disso, o estado também liderou o índice de extrema pobreza, com 13,2% da população vivendo com menos de R$ 208,00 por mês em 2023. Os estados do Maranhão (12,2%) e Ceará (9,4%) ocuparam o segundo e terceiro lugar entre os piores números nesse indicador.

Esses dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base no levantamento sobre rendimentos realizado recentemente.

Continua depois da publicidade
Propaganda
Advertisement

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply