Search
Close this search box.
RIO BRANCO

RIO BRANCO

Estudantes da Ufac denunciam insegurança e falta de transporte público

Publicado em

Foto: Akenes Mesquita

A Universidade Federal do Acre (Ufac) tem sido cenário de desafios diários para os estudantes que dependem do transporte público, especialmente durante o período noturno. A falta de infraestrutura e os problemas de segurança são algumas das principais preocupações enfrentadas pelos usuários desses serviços.

Com o aumento da criminalidade, principalmente durante a noite, como assaltos e arrastões, o deslocamento dos estudantes tem se tornado uma experiência arriscada, gerando um clima de insegurança na comunidade acadêmica.

Fábio Alves, estudante do curso de Economia, compartilha sua experiência: “Moro no bairro Nova Esperança e há dois ônibus que fazem essa linha: Fundhacre e o Rodoviária. Como meu curso termina às 22h, eu tenho que optar por um dos dois. Houve vezes em que, optando pelo Fundhacre, eu perdia o ônibus Rodoviária e o Fundhacre nem aparecia no terminalzinho”.

Continua depois da publicidade

A presidente do Diretório Central dos Estudantes da Ufac (DCE), Ingrid Maia, relata que desde o início do ano, as reclamações em relação ao atraso dos ônibus, qualidade dos mesmos e falta de acesso desses veículos à Ufac têm sido constantes. Em resposta, o DCE encaminhou uma denúncia à RBTRANS, solicitando uma investigação para garantir que tais irregularidades sejam devidamente apuradas e providências sejam tomadas.

É fundamental que as autoridades competentes, como a RBTRANS, estejam cientes das dificuldades enfrentadas pelos estudantes e tomem medidas efetivas para solucionar esses problemas. A segurança e o acesso ao transporte público são direitos básicos que devem ser garantidos a todos os estudantes, visando a um ambiente acadêmico seguro e propício ao aprendizado.

Propaganda
Advertisement

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply